Como detectar o câncer de mama

5 de outubro de 2016

Olá pessoal!
A ginecologista mais amada desse Brasil está aproveitando que o mês é dedicado à luta contra o câncer de mama, e fará diversos posts relacionados ao tema. Como acho que esse assunto é muito importante, teremos especial aqui no blog também!

Para começar, vamos falar sobre os exames capazes de detectar o câncer de mama.
Mamografia: É o exame mais eficaz para descobrir este tipo de câncer, porém não é feito em mulheres com menos de 35 anos. Por meio desse método, é possível detectar tumores mamários mesmo antes dos exames clínicos. Embora o exame mamográfico seja o melhor método para descobrir a doença precocemente, ele pode não evidenciar um câncer presente, particularmente se as mamas forem densas, fazendo com que a quantidade de tecido fibroglandular “esconda” nódulos ou outras alterações.

Foto: Simers

Ultrassonografia: Este exame proporciona a visualização de nódulos e cistos, que podem ou não, ser um sinal de câncer. É indicado geralmente para pacientes mais jovens, pois permite a visualização completa da mama. O exame também pode ser feito como um complemento da mamografia.

Foto: Rogério Santana

Exame clínico: Através da palpação da mama é possível detectar nódulos e alterações na mama. Geralmente é feito anualmente pelo ginecologista ou quando a paciente se queixa de algum sintoma. Por não ser um exame muito preciso, precisa ser complementado com outros exames.
Lembrando que este, exclusivamente, deve ser feito pela própria paciente pelo menos uma vez por mês é conhecido como autoexame.

Foto: Clínica da Mama

E aí meninas, vocês tem feito esse acompanhamento?
Beijos, Si.

 

Comentários pelo Facebook

Confira Também

1 Comentário

  • Responder laura 20 de outubro de 2017 at 22:44

    Amei suas dicas muito obrigada !!!!!!! 🙂

  • Deixe uma Resposta

    *