Homens: Testosterona e suas curiosidades no organismo!

17 de agosto de 2016

Olá pessoal tudo bem?

O assunto agora é para eles, testosterona masculina, olhem, confesso a vocês que enxergava problemas na testosterona somente para as mulheres, nunca imaginava que homens tinham desequilibrio

foto1

A testosterona é um dos hormônios mais importantes do sexo masculino.
Esse hormônio não apenas controla o desenvolvimento das características sexuais do homem e as funções de reprodução do seu corpo (desejo sexual, ereção, desenvolvimento e maturação do espermatozoide) como também desempenha papel decisivo na sua saúde e bem-estar físico e mental como um todo.
Sabe-se que a deficiência de testosterona pode causar grande variedade de sinais, levando a algumas doenças características do sexo masculino e à redução das ações desse hormônio necessárias à saúde do homem. Os baixos níveis de testosterona podem provocar várias consequências para a saúde e aumentar as possibilidades de o homem desenvolver algumas disfunções como: o aumento da gordura visceral no homem que está associado a níveis baixos de testosterona. Essa gordura adicional eleva o risco de diabetes e também de síndrome metabólica (aumento do ”mau colesterol”, da taxa de glicose sanguínea e da resistência à insulina).

foto2

Estudos já demonstraram que níveis baixos de testosterona aumentam a probabilidade de doença cardiovascular e promovem uma série de fatores de risco cardiovascular. Mas a redução dos níveis desse hormônio também pode levar à diminuição da elasticidade das paredes das artérias, o que está associado ao aumento da pressão arterial.
A presença de níveis melhores de testosterona tem sido associada a menor número de ataques cardíacos e a índices mais saudáveis de colesterol.Os primeiros sinais de deficiência de testosterona no adulto são o declínio do desempenho físico e mental e alguns sintomas neuropsiquiátricos (depressão, ansiedade, irritabilidade e dificuldade de concentração). Em muitos casos, esses sintomas não são reconhecidos como sinais de deficiência de testosterona, e sim simplesmente atribuídos ao estresse profissional ou pessoal.

Alguns sintomas comuns de deficiência de testosterona são:
Diminuição do desejo sexual (libido) e da capacidade de ereção;
Produção reduzida de espermatozoides;
Redução do crescimento de barba e pelos;
Pele seca e enrugada;
Diminuição da massa muscular, o que acarreta perda de força muscular;
Desenvolvimento de gordura, principalmente na região abdominal.

Que show! Eu amei a explicação da Dra. Melissa e vocês? Gostaram?

Fiquem por aqui que mais assuntos interessantes virão!

Vejam também:

Crise dos 40, sintomas masculinos!

Sexo aos 40, pensamentos dos homens de 30 e 40 anos!

Grande Beijo!

Si

Comentários pelo Facebook

Confira Também

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta

*