Superação

Se superou após a cura do câncer

29 de novembro de 2016

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje vamos conhecer uma história de superação daquelas que nos deixam arrepiados. A Françoise Mota vai nos contar como superou o câncer.

Era dia 24 de março de 2015, uma manhã ensolarada e cheia de compromissos. Havia alguns dias que estava ensaiando para ir ao retorno com o ginecologista e não encontrava tempo, mas naquele dia a secretária do médico me ligou dizendo para eu passar lá. Minha mãe estava comigo e resolvi ir lá para já resolver logo esta questão. E foi neste dia que eu, aos 33 anos, casada, mãe de uma filha de 4 anos, com planos para ter mais filhos, cheia de sonhos e com muita energia, recebi a notícia mais dura, difícil e chocante da minha vida. Sim, meu médico havia me chamado para me dizer que eu estava com câncer!

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-10-20

Neste momento, passou um enorme pesadelo pela minha cabeça. Meu chão se abriu. Comecei a pensar sobre todas as histórias de morte relacionadas a esta doença e sempre vinha o insucesso no tratamento. Ficava tentando encontrar alguém que tivesse passado pela doença para conversar, ver como tinha sido o tratamento e como a pessoa estava. Buscava ansiosamente descobrir quais eram as minhas chances de cura.

Comecei a pensar porque comigo, o que fiz de errado? Será que foi alimentação ou stress? Infelizmente, ainda não temos evidências concretas do que possa ter levado a este diagnóstico, mas aos poucos fui apreendendo que não adiantava procurar culpados (alimentação, médicos, stress…). Então, o que me restava era encarar a situação com muita fé e tentar enxergar o lado positivo para tirar proveito de tudo que estava acontecendo.

Mesmo no meio da tempestade, do choro, do medo, do suspense, da dúvida, aprendi que precisamos ter forças para encarar e enfrentar esta fase de cabeça erguida.

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-13-11

E foi o que fiz… Agarrei com todas as forças na minha fé, neste Deus maravilhoso, misericordioso que sabe exatamente o que é melhor para cada um de nós.

“O senhor é a minha luz e a minha salvação, a quem temerei?”

“Sei que verei os benefícios do senhor na terra dos vivos”

Estas sábias palavras não saiam da minha cabeça e foi um grande alimento para minha batalha.

Uma batalha que estava só começando, com tudo novo, um diagnóstico difícil e muitas informações que não davam nem tempo de serem processadas.

Os próprios médicos não sabiam como iriam iniciar o tratamento… Depois de muitas conversas, muitos exames, idas e vindas sem resposta, resolveram me operar. Quando fui chamada para saber sobre a cirurgia e me inteirar da gravidade  do meu problema eu fui clara com o médico. Disse a ele que eu confiava plenamente nele e que ele era um instrumento de Deus para conceder está cirurgia e que eu iria ser curada.

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-09-40

Estava muito confiante e decidida a lutar pela vida! Foi uma cirurgia delicada, complexa e demorada que tinha um grande risco de não ter bons resultados, pois os tumores estavam bem espalhados e já tinha dado metástase em alguns órgãos.

Mas em todos os momentos isso não entrava na minha cabeça. Eu não me conformava com aquelas notícias e sempre pensava: Deus vai me curar!

Neste momento tão difícil da minha vida, minha família foi meu alicerce, minha base, meu Porto seguro, uma força sobrenatural  para poder atravessar esta fase e ter forças para continuar lutando.

Em todos os momentos eles estavam presentes, me dando força, me encorajando, rezando comigo, indo nos médicos comigo ou até indo sozinhos para terem mais opiniões.

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-09-41

Tudo isso foi muito importante… Nestes momentos de fraqueza o que queremos é um ombro amigo, uma companhia, um abraço apertado ou um simples colo para chorar e, isso, eu tive demais.

Minha filha estava com apenas 04 anos, mas com uma sabedoria tão grande que foi me mostrando com suas atitudes e palavras o verdadeiro valor da vida, o valor das pequenas coisas e, foi por ela, por toda minha família e, principalmente, por minha vida que resolvi lutar com todas as minhas forças para ser curada.

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-15-24

Após a cirurgia, iniciei as quimioterapias e achei que iria ser a pior coisa do mundo, mas não foi tão ruim assim. Fácil também não foi, mas com muita fé e coragem foi bem mais leve de suportar que imaginava.

A cada Quimioterapia eu comemorava como mais uma batalha vencida ou mais uma oportunidade de viver. Sempre falava que eram os anjos que viam ao meu encontro e cada uma era um anjo que estava recebendo para me curar.

Hoje continuo em tratamento, o acompanhamento é para o resto da vida, mas hoje só tenho a agradecer a cada exame que faço e tenho a comprovação da minha cura. Sou extremamente grata a este Deus que me acolheu de forma tão carinhosa em seus braços.

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-13-14

Hoje a minha pergunta mudou, não me pergunto mais porque comigo, mas sim para que? A grande questão é entender PARA QUE esta doença aconteceu comigo, o que posso aprender com ela, o que preciso mudar na minha vida, quais são as minha prioridades?

Então, hoje, procuro ser cada dia melhor, ser mais calma, serena e, principalmente, enxergar  o lado bom da vida. Me comprometo a ser instrumento de Deus e a levar para várias pessoas o quanto este Deus é maravilhoso. Vivo intensamente todos os momentos como se fossem únicos. E a minha vida se resume em uma frase: Gratidão à Deus por ter tido a oportunidade de renascer e me tornar uma pessoa muito melhor!!!

whatsapp-image-2016-11-28-at-11-13-14-1

Que história linda, não é pessoal? E você, tem uma história legal para contar?

Envie por e-mail com fotos para: [email protected] 😉

Beijos, Si.

Comentários pelo Facebook

Confira Também

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta

*