Soprando velinhas

10 de agosto de 2018

Oi meus amores.

Hoje é um dia muito especial para mim. É o dia que completo meus 44 anos. É mais um ciclo que se fecha e mais um capítulo da minha história que começa a ser escrito. Resolvi fazer esse “post” para compartilhar com vocês alguns aprendizados que tive desde que entrei na “casa dos 40”.

Aprendi que a idade chega e é preciso aceitar isso. Algumas pessoas encaram a velhice como algo negativo e com isso não se permite viver intensamente a maturidade. Eu posso dizer sorrindo que essa nova idade representa aceitação, mais experiência e sabedoria.

Aprendi também que não temos que nos preocupar em ter o corpo perfeito ou até mesmo uma “beleza eterna”. O tempo passa e com ele as mudanças chegam, pra todo mundo. Hoje eu faço atividade física e musculação mais por prazer e saúde. Corpo é apenas uma consequência dos treinos, da rotina e da disciplina que mantenho. Admirar a beleza madura é o segredo para não “sofrer” com o passar do tempo.

Aprendi ainda que quando aceitamos a nossa idade dá pra ser sensual e sexy sem ser vulgar. Também compreendi que temos que nos preocupar cada dia mais com a nossa alimentação, pois o metabolismo fica cada vez mais lento. Se aceitar nessa fase só faz a gente se sentir mais feliz e capaz de passar por esse momento de forma positiva e equilibrada.

Aniversários são marcos, são dádivas, aprendizados e celebrações. Que eu continue me encontrando internamente e repassando para vocês um “pouquinho” do que a vida me proporciona e me ensina dia-a-dia.

Vou alí “soprar mais uma velinha”.

Beijinhos da Si.

Comentários pelo Facebook

Confira Também

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta

*